Como melhorar a autoestima no relacionamento?

Como melhorar a autoestima no relacionamento?

Muitas pessoas buscam por um casamento ou namoro perfeito, como ocorre nos filmes e séries, mas acabam frustradas por terem criado muita expectativa. Um dos pontos mais importantes de um relacionamento é se sentir feliz, mas isso só ocorre quando a preocupação com o parceiro não ultrapassa a sua autoestima. 

No entanto, não é tão simples fazer as coisas funcionarem, é preciso muita atenção, determinação e amor, afinal mudar as atitudes não é uma tarefa fácil. Veja algumas dicas para relacionamento que podem te ajudar a melhorar a autoestima:

O impacto reflete em ambos

Uma pessoa com autoestima debilitada não afeta somente a si próprio, mas também ao seu parceiro. Quando existe amor o outro sente cada dor e sofrimento, por isso é afetado com a falta de vontade, alegria e até cuidados com a aparência.

A primeira preocupação para salvar uma relação é ser melhor para garantir o interesse do outro, mas isso não é o mais importante, se sentir melhor consigo mesmo é a parte crucial. 

Apesar do amor ser enorme, o amor próprio deve ser ainda maior. O foco em você começa com os cuidados com a saúde, higiene e depois estética.

Fique de olho no parceiro

Por vezes, o problema de autoestima é provocado pelo parceiro, seja por um motivo de abuso ou sem intenção. Qualquer distinção de opinião, briga ou atrito pode causar esse quadro, inclusive alguns motivos não perceptíveis.

Não deixe o poder de um alheio provocar a situação, o fracasso de uma relação é obrigação de ambos, não se sinta culpado. 

Ciúme e insegurança 

Dois motivos comuns que afetam a autoestima, são o ciúme e a insegurança. O ciúmes é um sentimento normal, mas em grande proporção pode causar muitos problemas, principalmente para o parceiro. 

Gostar de alguém não significa prender, controlar e dominar, afinal o outro é livre e decide como deve agir. Por várias vezes o ciúme faz parte de ser inseguro, não se sentir bem em relação ao próprio corpo e capacidade ocasionam desconfiança e pensamentos preocupantes. 

O perigo maior é deixar a imaginação tomar conta, pois criar situações inexistentes como justificativa é muito grave.

Pequenas mudanças

Alguns pequenos gestos podem melhorar sua vida. Em um casamento, por exemplo, se sentir desejado é crucial, já que o sentimento mantém o amor e acalenta o corpo.

Por isso, investir em um jantar especial, uma camisola sensual, flores, um perfume diferente ou proporcionar algo que faça você se sentir bem, como um dia no SPA ou uma viagem, são atitudes que refletem na convivência e na vida.

Procure ajuda

Se a baixa estima está fazendo mal, se provocar pensamentos negativos, tristeza e sentimentos ruins, é preciso encontrar a raiz que desencadeou a situação. Nem sempre uma boa reflexão funciona.

A procura por ajuda é a melhor forma de agir. Procure um psicólogo, ele pode te mostrar um caminho, uma saída. O profissional está apto a te ajudar e, se for preciso, recorrer ao auxílio médico.

Ser feliz consigo mesmo é a chave para o sucesso de um relacionamento!

Paulienne

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.